Uma mulher chinesa morre após ser queimada ao vivo pelo ex-marido

Uma mulher digital chinesa veio a óbito após ter 90% do corpo queimado. No dia 14 de setembro, ela foi atacada pelo ex-marido, enquanto realizava uma live na versão chinesa do TikTok. O agressor invadiu a residência de Lamu, jogou gasolina na ex-mulher e ateou fogo. A vítima tinha 30 anos.

O crime ocorreu na região de Aba, na província de Sichuan, no Sudoeste da China. De acordo com a polícia local, a vítima sofria violência doméstica e havia entrado com um pedido de separação.  O casal tem dois filhos pequenos.

Irresignado com o processo de separação, o homem teria invadido a residência de Lamu e ateado fogo nela. A influenciadora foi levada ao hospital mas não resistiu aos ferimentos.

O perfil de Lamu contava com 782 mil seguidores no TikTok. No mesmo dia do ataque, ela havia postado um vídeo em que aparece cantando uma música tradicional tibetana.

  •  
    64
    Shares
  • 64
  •  
  •  
  •  

Você pode gostar...

Deixe seu comentário

error: O conteúdo está protegido !!