Três funcionários públicos detidos em Manica

Já foram acusados os três funcionários da direcção provincial de Migração de Manica que foram detidos há dias na cidade da Beira por seu envolvimento em práticas corruptas. De acordo com o director do gabinete central de combate a corrupção, foram encontrados elementos bastantes que indicam que os três funcionários, cujos nomes não foram revelados receberam indevidamente dinheiro de cidadãos estrangeiros em troca de documentos de identificação.

Quanto ao director provincial de Cultura e Turismo de Manica, que igualmente recolheu aos calabouços a 5 meses por envolvimento em esquemas de corrupção, Bernardo Duce disse que igualmente já foi acusado, ainda que de forma provisória. A nossa equipa sabe que o Gabinete Central de Combate a corrupção, está a investigar em Manica as direcções provinciais de Agricultura e da mulher e Acção Social onde foram detectados roubos financeiros que atingem cerca de três milhões de meticais.

Deixe seu comentário