Terroristas cada vez mais próximos da vila de Nangade

Segundo Carta de Moçambique, O grupo terrorista, que semeia luto e dor em alguns distritos da província de Cabo Delgado, desde Outubro de 2017, estão cada vez mais próximos da vila-sede do distrito de Nangade. Na manhã desta quinta-feira, o grupo atacou a aldeia de Luneke, que se localiza a cerca de 10 Km daquela sede distrital.

As fontes não reportaram o tipo de dano (humano e/ou material) que a ofensiva tenha causado, mas garantem que já se observa uma avalanche de pessoas a abandonarem aquela aldeia e outras circunvizinhas com destino à vila-sede do distrito de Nangade.

Aliás, na passada terça-feira, os terroristas raptaram, na aldeia Mitope, em Nangade, seis civis (três homens e igual número de mulheres), tendo decapitado todos os homens. As vítimas, contam as fontes, regressavam das suas machambas.

Refira-se que o ambiente de insegurança, que continua a verificar-se na região, levou as Forças de Defesa e Segurança (FDS) a cancelarem as escoltas militares que garantiam o abastecimento logístico à vila-sede do distrito de Palma. Depois de uma longa espera, os camiões carregados de alimentos acabaram sendo encaminhados ao distrito de Mueda.

Fonte: (Carta de Moçambique)

Você pode gostar...

Deixe seu comentário