Parceiro do traficante Fuminho é “adido” de Moçambique no consulado do Belo Horizonte