Pandemia foi “chamada de atenção” para remodelar respostas sanitárias