Há já mais de 22 milhões de infetados em todo mundo