Saúde notifica 67 novos casos e um óbito por COVID-19 em Moçambique

Moçambique registou, nas últimas 24 horas, 67 novos casos da COVID-19, de acordo com dados divulgados hoje pelo Ministério da Saúde, que apontam para mais um óbito pelo vírus.

As autoridades explicam que todos os novos casos, hoje reportados, têm nacionalidade moçambicana.

Através de um comunicado de imprensa a que “O País” teve acesso, a instituição indica que a área metropolitana do Grande Maputo, nomeadamente, as cidades de Maputo e da Matola, distrito e Município de Boane e distrito de Marracuene, registou 30 casos, correspondendo a 44.8% do total reportado, seguida pela província da Zambézia, com 20 casos, o correspondente a 29.9%.

Moçambique tem um cumulativo de 69.134 infecções registadas, das quais 68.818 de transmissão local e 316 importadas.

O paciente que perdeu a vida era do sexo masculino, de 67 anos de idade. A morte foi declarada no dia 15 de Abril em curso.

O número de mortes por COVID-19 sobe para 798

Mais 19 indivíduos estão livres do novo Coronavírus, somando agora 61.207 recuperados desde a eclosão da pandemia. Todos os 19 recuperados são cidadãos nacionais.

Em 24 horas, sete pacientes foram internados e nove tiveram alta hospitalar. Neste momento, há 44 doentes hospitalizados e 7.125 casos activos da COVID-19

As autoridades sanitárias lembram ainda que a partir da segunda-feira vai decorrer a segunda fase de vacinação contra a COVID-19.

“Os critérios de elegibilidade para ser vacinado na 2ª fase de vacinação os seguintes são: não apresentar sintomatologia para COVID-19 no momento da administração da vacina e não estar em isolamento ou quarentena; não ser gestante, nem lactante; não ter febres (temperatura igual ou superior a 38,5º C); não ter reacções alérgicas a qualquer componente da vacina”, esclareceu o Ministério da Saúde.

Deixe seu comentário