Renamo acusa FDS de raptar e assassinar seus membros em Sofala

A Resistência Nacional Moçambicana (Renamo) acusa Forças de Defesa e Segurança de sequestrar e assassinar seus membros em Sofala. A acusação foi feita na cidade da Beira pelo membro da comissão política nacional daquele partido, Alfredo Magumisse.

O partido alega que desde o ano passado a esta parte, mais de dez membros do seu partido já perderam a vida supostamente raptados e assassinados pelas forcas de defesa e segurança nas localidades de Metuchira e Macorococho acusados de supostos apoiantes da dita junta militar.

O partido diz ainda que o caso mais recente deu-se em finais do mês passado.

Esta é a segunda vez em menos de um mês que a Renamo vem ao público para denunciar supostos raptos e assassinatos de seus membros em Sofala.

  •  
    327
    Shares
  • 327
  •  
  •  
  •  

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. Zacarias disse:

    Em torno desse caso é uma situação lamentável, onde Moçambique não consegue trazer a paz para sociedade, a minha pergunta é quais são as medidas a a se tomar de modo a terminar esses raptos?

Deixe seu comentário

error: O conteúdo está protegido !!
%d blogueiros gostam disto: