Reclusos testam positivo à COVID-19 em Tete

Segundo o Serviço Provincial de Saúde em Tete, os dois reclusos são assintomáticos e foram infectados na cela onde se encontravam.

“Eles apresentavam uma situação que exigia assistência em regime de internamento”, mas um teve alta médica, de acordo com Xarifo Hossene, médico chefe provincial em Tete.

O interlocutor avançou que as pessoas que mantiveram contacto como presos e trabalhadores da penitenciária já foram rastreadas. Neste momento estão a ser acompanhados enquanto aguardam os resultados dos testes a que foram submetidos.

A direcção do estabelecimento penitenciário esclareceu que o recluso que recebeu alta médica, há dias, continua detido e está em isolamento.

Tete já soma sete reclusos infectados pelo Coronavírus, desde o surgimento da pandemia no país.

Você pode gostar...

Deixe seu comentário