Primeiro Óbito Por Covid 19 Em Moçambique Foi Enterrado Em Meio A Aglomeração E Sem Medidas De Precaução

A Directora Nacional de Saúde Pública esclareceu que o adolescente de 13 anos idade que é o primeiro óbito de covid-19 em Moçambique faleceu no dia 20 de Maio, e na segunda-feira (25), foi apenas anunciado publicamente o facto.

A adolescente foi admitido para mais uma consulta de rotina, para tratar das outras maleitas de que padecia, foi feita a colheita da amostra do novo coronavírus e teve alta. Em casa a criança acabou por falecer.

No entanto o INS apenas recebeu a amostra na sexta-feira (22) e o resultado, tal como todos outros, demorou 48 horas a ser obtido. Notificada a Direcção Provincial de Nampula esta reportou na segunda-feira (25) que o óbito.

A Dra. Rosa Marlene confirmou que a criança foi enterrada normalmente contrariando o protocolo da covid-19, deveriam ter sido tomados cuidados especiais como inserir o cadáver em sacos, como é feito com as vítimas mortais da cólera, e só dez pessoas poderiam ter estado no funeral.

Deixe seu comentário