Primeiro-ministro defende aposta na agricultura e processamento na conferência de investimentos

 Primeiro-ministro defende aposta na agricultura e processamento na conferência de investimentos

Arrancou esta quinta-feira a primeira conferência internacional de investimentos da Zambézia, que decorre no distrito de Mocuba, sob o lema “industrialização como factor dinamizador da Zambézia”.

O evento de dois dias junta 300 pessoas, dentre nacionais e estrangeiros e tem como objectivo central apresentar as potencialidades desta província e atrair investimentos.

No seu discurso de abertura, Primeiro-ministro fez questão de apelar para uma especial atenção para a agricultura e o processamento, tendo em conta que dos 7.6 milhões de hectares de terra arável de que a província dispõe, apenas 2.5 milhões é que são explorados.

E o sector de infra-estruturas é de grande importância para a dinamização do desenvolvimento da Zambézia. Carlos Agostinho do Rosário voltou a lembrar três grandes projectos que necessitam de investimento.

Zambézia é a segunda província mais populosa do país, com mais de 5 milhões de habitantes, e apesar da riqueza natural, a sua contribuição para o Produto Interno Bruto varia de 10 a 11% e em 1973 contribuía com 30 a 35% da riqueza nacional.

  •  
    3
    Shares
  • 3
  •  
  •  
  •  

Bonk Pedro

Deixe seu comentário

error: O conteúdo está protegido !!