PRESO BURLADOR NA PROVÍNCIA DE INHAMBANE

 

A Polícia da República de Moçambique (PRM) deteve em Inhambane um cidadão de 41 anos de idade, indiciado de prática de burla, prometendo vagas de emprego nos sectores de saúde e de educação.

Os valores monetários que cobrava variavam entre 10 mil Meticais a 80 mil, dependendo supostamente das condições que iria encontrar no local de trabalho. Segundo o porta-voz do Comando Provincial da PRM em Inhambane, Juma Dauto, a detenção deste indivíduo foi possível através de denúncia de uma das vítimas, residente em Zavala, burlada em 2015.

Na altura, o indiciado prometera uma vaga de professor, com direito a uma residência, no distrito de Vilankulo, facto que nunca se concretizou , alegadamente porque ainda estava em contacto com o governador e Secretária do Estado da província

  •  
    29
    Shares
  • 29
  •  
  •  
  •  

Você pode gostar...

Deixe seu comentário