Presidência Portuguesa na UE: Resolução aprova prioridade à crise humanitária no país.

 

A COMISSÃO parlamentar de Negócios Estrangeiros e Comunidades Portuguesas aprovou, terça-feira última, na especialidade, uma resolução que coloca a crise humanitária e de segurança em Moçambique,entre as prioridades naagenda da presidência portuguesa da União Europeia (UE).

“A Assembleia da República, nos termos do n.º 5 do artigo 166.º da Constituição, recomenda ao Governo que, no absoluto respeito da soberania do Estado moçambicano,coloque a crise humanitária e o problema doterrorismo vivido em Moçambique nas prioridades da presidência portuguesa do Conselho da União Europeia”,refere o texto aprovado.

O texto, que éuma junção da parte resolutiva das propostas de resolução do PAN e do CDS-PP, que tinham sido aprovadas na generalidade, foi agora aprovado por unanimidade, disseram, terça-feira, à Lusa os deputados da comissão.

A resolução recomenda ainda ao Governo português que,através dos diversos canais diplomáticos, “interceda junto da comunidade internacional no sentido de serem promovidos todos os esforços necessários para ajudar a travar os crimes contra a humanidade que estão a ocorrer em Moçambique e socorrer as populações afectadas”.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Você pode gostar...

Deixe seu comentário

error: O conteúdo está protegido !!