Palma: Doze decapitados durante ataque em março

Pelo menos doze estrangeiros foram decapitados por terroristas no ataque a Palma, em Cabo Delgado. A informação foi avançada pela imprensa moçambicana, que cita fonte da polícia.

Em entrevista à Televisão de Moçambique (TVM), esta quinta-feira (08.04), um oficial da polícia não soube precisar a nacionalidade dos decapitados, mas acreditava que eram estrangeiros.

“Eram brancas, 12 pessoas de raça branca. Eram todos estrangeiros, não sei, não posso dizer as nacionalidades”, afirmou Pedro da Silva, citado pelo jornal “O País”.

Os corpos foram enterrados recentemente no distrito de Palma, no mesmo local onde terá ocorrido a decapitação, nas proximidades do Hotel Amarula Lodge, avançou.

O brigadeiro Chongo Vidigal, porta-voz do Teatro Operacional Norte, também em entrevista à TVM e citado pelo “País”, disse que uma equipa de médicos legistas será mobilizada com caráter de “urgência” para o reconhecimento dos corpos.

Deixe seu comentário