Obama considera Trump incompetente e uma ameaça à democracia

O ex-Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, acusou Donald Trump de incompetência e de ser uma ameaça para a democracia, numa das intervenções mais críticas da convenção democrata, realizada pela primeira vez de forma virtual, devido à pandemia da COVID-19¸ escreve e Lusa.

Barack Obama avisou que a democracia norte-americana está em risco se o actual Presidente, Donald Trump, vencer novamente as eleições marcadas para o dia 03 de Novembro, acusando o seu sucessor de ser inapto para o cargo e de ignorar os valores do país.

“Esta administração demonstrou que destruirá a nossa democracia se isso for necessário para vencer”, acusou Obama, na terceira noite da convenção democrata, num discurso filmado em Filadélfia, a cidade onde a Constituição dos Estados Unidos foi redigida e assinada.

Obama acusou o Presidente republicano de utilizar a presidência para beneficiar os amigos e família e de transformar o cargo mais alto do país em “mais um ‘reality show’ que [Trump] pode utilizar para obter a atenção que deseja”, acrescentou a Lusa.

Obama pediu aos eleitores que “acreditem” na capacidade do candidato democrata à Casa Branca, Joe Biden, que foi seu vice-presidente, para “tirar o país dos tempos sombrios” do Governo de Donald Trump.

“Ele [Joe Biden] tornou-me num Presidente melhor. Ele tem o caráter e a experiência para tornar o país melhor”, afirmou o antigo Presidente americano, num discurso transmitido na Convenção Nacional Democrata, acrescenta a fonte que temos vindo a citar.

Os democratas confirmaram oficialmente, na terça-feira, a nomeação do ex-vice-Presidente Joe Biden como candidato contra Donald Trump nas presidenciais dos Estados Unidos, em Novembro.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Você pode gostar...

Deixe seu comentário