Nyusi diz que COVID-19 agudiza efeitos das mudanças climáticas no país

O Presidente da República, Filipe Nyusi, diz que a COVID-19 veio agravar a situação económica do país e agudizar os efeitos das mudanças climáticas. Segundo Filipe Nyusi, anualmente, o país tem um prejuízo de 100 milhões de dólares em danos em infra-estruturas causadas por eventos climáticos severos.

Mais do que estar a causar efeitos severos e sem precedentes na saúde pública, a COVID-19 tem provocado efeitos catastróficos em outras áreas igualmente importantes para o desenvolvimento do país.

Falando numa reunião virtual com líderes mundiais, Filipe Nyusi descreveu a situação das mudanças climáticas em Moçambique como sendo preocupante.

Face ao agravamento da situação no país, o Chefe de Estado defendeu o alívio da dívida para que o país possa reerguer-se num contexto em que o futuro continua uma incerteza.

O evento virtual, organizado pelo Banco Africano de Desenvolvimento, contou com a participação do Secretário-geral das Nações Unidas, do Director-geral da Organização Mundial da Saúde, dos Presidentes do Botswana, Gana, Quénia e Egipto, entre outras individualidades.

Deixe seu comentário