NHONGO DIZ QUE MATSANGAISSE É TRAIDOR

Em Maputo, desde semana passada, depois de abandonar a autoproclamada Junta Militar da Renamo, André Matsangaisse é tido como traidor por Mariano Nhongo, líder daquele grupo armado.

Mariano Nhongo que falava na manhã desta sexta-feira em teleconferência, disse que Matsangaisse “ deslocou-se a Maputo em busca de dinheiro para servir seus interesses”.

Matsangaisse defendeu esta semana uma amnistia para todos os integrantes do grupo. Nhongo parece que não gostou e diz

que não aceita amnistia enquanto não tiver a resposta da carta que enviou ao governo.

 

Deixe seu comentário