Mulher fingi morte para evitar ser presa e caba sendo condenada a mais um ano

Segundo a Associated Press, Julie Wheeler, que em junho foi sentenciada a uma pena de três anos e meio de prisão por fraude, conspirou com o seu marido, Rodney Wheeler, para simular a sua morte.

No dia 31 de maio, Rodney disse às autoridades que Julie tinha caído de um miradouro no desfiladeiro do New River, em West Virginia, nos Estados Unidos.

As autoridades montaram uma operação de busca por Julie e encontraram-na dois dias depois… escondida num guarda-roupa na sua casa.

Os procuradores afirmam que Julie Wheeler admitiu ter conspirado com o marido para tentar escapar à prisão. Esta quarta-feira, um tribunal federal de Charleston condenou-a a cumprir mais um ano de prisão por conspirar para obstruir a justiça.

O juiz ordenou que as duas sentenças fossem cumpridas de forma consecutiva.

Já Rodney Wheeler, que deu-se como culpado do crime de conspirar para obstruir a justiça, enfrenta uma pena de prisão de cinco anos. A sentença será conhecida no dia 5 de abril.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Você pode gostar...

Deixe seu comentário