Morreu o Presidente do Burundi, Pierre Nkurunziza

O Presidente cessante do Burundi, Pierre Nkurunziza, morreu esta terça-feira de um ataque cardíaco fulminante, aos 56 anos de idade. A notícia foi avançada pelo Governo do país.

“É com profunda tristeza que o Governo da República do Burundi anuncia a morte inesperada de Sua Excelência Pierre Nkurunziza, Presidente da República do Burundi, na sequência de um ataque cardíaco a 8 de junho de 2020”, foi anunciado na conta oficial no Twitter.

Nkurunziza estava no poder desde 2005 e liderou o Burundi com autoritarismo crescente desde o final da guerra civil (1993-2005).

Dez anos depois de chegar à Presidência, a candidatura de Nkurunziza a um terceiro mandato gerou controvérsia e mergulhou o país numa grave crise política. Pelo menos 1.200 pessoas morreram devido à violência, e 400 mil pessoas foram obrigadas a fugir, enquanto as autoridades reprimiam opositores e jornalistas.

A morte do Presidente cessante ocorre no mesmo dia em que o principal partido da oposição, o Conselho Nacional para a Liberdade (CNL), anunciou que aceita a decisão do Tribunal Constitucional sobre os resultados das presidenciais de 20 de maio, que deram a vitória ao candidato escolhido por Nkurunziza, Evariste Ndayishimiye

Deixe seu comentário