Ministro indonésio acusado de corrupção entrega-se à justiça

O ministro dos assuntos sociais da Indonésia, Juliari Batubara entregou-se hoje às autoridades anticorrupção que o acusam de desvio de ajuda destinada ao combate da COVID-19.

A comissão anticorrupção acusa o ministro de receber pelo menos 17 mil milhões de rupias de duas empresas fornecedoras, através dos seus dois subordinados, de acordo com o Notícias ao Minuto.

Juliari Batubara chegou à sede da Comissão de Erradicação da Corrupção horas após o presidente da Comissão, Firli Bahuri, o ter convidado a entregar-se durante uma conferência de imprensa este sábado.

Bahuri disse que Batubara poderia ser condenado a prisão perpétua se fosse considerado culpado de desviar dinheiro público.

“Não vamos parar aqui. Vamos observar de perto como a assistência social do governo está a ser obtida e canalizada durante a pandemia”, acrescentou.

O Notícias ao Minuto refere que o ministro dos assuntos sociais da Indonésia é o segundo membro do governo detido por desvio de dinheiro público em menos de duas semanas. O Ministro dos Assuntos Marítimos e das Pescas, Edhy Prabowo, que, entretanto, se demitiu, também foi detido por suspeita de aceitar subornos.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Você pode gostar...

Deixe seu comentário

error: O conteúdo está protegido !!