Menino de 10 anos vivia acorrentado em curral de cabras há dois anos

Criança nigeriana foi resgatada e está a receber tratamento nos cuidados intensivos de um hospital local. Alertamos que as imagens podem ferir a suscetibilidade dos leitores mais sensíveis.

Rapaz de 10 anos foi encontrado a viver entre cabras e galinhas num curral de animais, enquanto o seu pai, madrastas e irmãos viviam no conforto do lar.

A situação macabra aconteceu em Badariya, na Nigéria, onde Jibril Aliyu, de 10 anos, terá sido encontrado acorrentado a um pilar de madeira. Sobrevivia ao alimentar-se dos restos de comida de cabra e das duas próprias fezes.

A vítima foi encontrada e resgatada no domingo por um advogado de direitos humanos, que terá recebido uma denúncia para o sucedido, noticia o Sun Nigeria.

Jibril está agora nos cuidados intensivos do Sir Yahaya Memorial Hospital. O seu pai e as duas madrastas foram detidas.

Segundo declarações de um dos seus irmãos, o menino sofria de epilepsia e era acorrentado durante o dia para não fugir. Este afirma que vendeu a sua casa e carro para que a família pudesse pagar os tratamentos de Jibril. Contudo, outras testemunhas dizem que a mãe da criança alegava que o filho tinha morrido há já dois anos.

Um vídeo do momento do resgate foi partilhado nas redes sociais e tornou-se viral. Nele, Jibril surge vestido apenas com uma t-shirt laranja e bastante debilitado fisicamente. Alertamos que as imagens podem ferir a suscetibilidade dos leitores mais sensíveis.

O governador do estado de Kebbi já fez saber que quer uma investigação ao caso.

  •  
    1.1K
    Shares
  • 1.1K
  •  
  •  
  •  

Você pode gostar...

Deixe seu comentário

error: O conteúdo está protegido !!