Malfeitores roubam e violam sexualmente a vítima e sua filha em Lichinga

Seis indivíduos são indiciados de terem roubado uma motorizada e diversos bens e, posteriormente, agredido sexualmente a proprietária do imóvel e a respectiva filha, no bairro Medeiros, arredores da cidade de Lichinga, capital provincial do Niassa.

Segundo a porta-voz da Polícia da República de Moçambique (PRM), no Niassa, Mirza Maguanda, dos seis indiciados, apenas dois foram localizados, faltando identificar-se os outros quatro supostos integrantes da quadrilha.

À comunicação social, a fonte revelou ser o primeiro caso do género a ser registado este ano naquela parcela do país, pelo que a corporação se mostra bastante preocupada com a situação.

Referir que ainda no Niassa, concretamente no distrito de Chimbonila, uma adolescente de 16 anos de idade está detida, acusada de ter raptado um bebé no Posto Administrativo de Machemba para justificar uma barriga falsa.

Fonte: (Carta de Moçambique)

  •  
    225
    Shares
  • 225
  •  
  •  
  •  

Você pode gostar...

Deixe seu comentário