Leão como o de Amorim já não se via desde… 46/47

Com a vitória por 2-0 frente ao Paços de Ferreira, o Sporting atingiu os 51 pontos à 19.ª jornada, a melhor marca desde que cada vitória vale três pontos. Mesmo comparando a outras épocas, não é fácil encontrar registo semelhante. Rúben Amorim lidera uma equipa como há muito não se via, ou, para ser mais concreto, como não se via desde 1946/47.

Nessa temporada, se cada vitória valesse três pontos, o Sporting somava 54, mais três pontos do nesta altura. Ainda assim um registo impressionante e que aponta, claramente, o clube de Alvalade como o grande favorito à conquista do título: Nunca uma equipa com 10 pontos de vantagem sobre o 2.º classificado deixou fugir um campeonato.

No entanto, o treinador dos leões joga pelo seguro como referiu após o jogo frente ao Paços.

“Para mim [a larga vantagem pontual] não significa nada, ainda há pouco tempo estive a ver que nos últimos 10 jogos o Liverpool, campeão europeu e da Premier League, fez nove pontos em 10 jogos. Se o Liverpool, se o Klopp sofre essas derrotas…”, afiançou.

Importa realçar que nesta I Liga, o Sporting é a única equipa que permanece sem qualquer derrota desde o arranque do campeonato. Os verde e brancos somam 16 vitórias e três empates.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Você pode gostar...

Deixe seu comentário