Jovem morre ao tentar fugir da polícia após festa ilegal na Bélgica

Um jovem morreu no sábado após cair da janela de um hotel na cidade belga de Antuérpia quando fugia da polícia por ter participado numa festa ilegal, sem respeito pelas medidas contra a Covid-19, avançou hoje o Ministério Público.

De acordo com a agência Belga, o jovem de 21 anos tentava escapar ao controlo policial no hotel, intervenção que começou pelas 4:h (3h em Lisboa) de sábado, na sequência de várias chamadas com queixas de ruído proveniente de um dos quartos do estabelecimento de alojamento.

Quando os polícias chegaram ao hotel, as oito pessoas que participavam na festa tentaram esconder-se e um jovem escorregou pela janela e caiu no chão, segundo informação da agência Belga, citada pela EFE.

A polícia tentou reanimar o jovem antes da chegada dos serviços de emergência médica, mas este acabou por morrer no local.

Neste âmbito, o Ministério Público da Bélgica vai nomear um juiz de instrução para esclarecer as circunstâncias exatas da morte do jovem.

“Estou chocado com a morte de um jovem residente de Antuérpia na noite passada”, declarou o presidente da Câmara da cidade, o nacionalista flamengo Bart De Wever, expressando as “profundas condolências à família e entes queridos”.

Em Borgerhout, um distrito de Antuérpia, uma mulher foi ferida no ombro ao saltar também da janela quando tentava escapar de um controlo policial por ter participado numa festa, com a presença de 16 pessoas e que violava as regras no âmbito do combate à pandemia da covid-19.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.929.563 mortos no mundo, resultantes de mais de 135,3 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Deixe seu comentário