Inicia julgamento do Edil na cidade de Nampula

Iniciou, esta segunda-feira, 12 de Abril, no Tribunal Judicial da cidade de Nampula, o julgamento do Edil da cidade de Nampula, Paulo Vahanle, sob acusação de corrupção.

Paulo Vahanle é acusado de abuso de cargo, pagamento de remuneração indevida, peculato, violação de normas de execução e plano de orçamento.

Segundo Gabinete Provincial de Combate à Corrupção de Nampula, Vahanle ordenou pagamento indevido a pessoas que não trabalham para a edilidade, fez pagamentos no valor de 36 mil meticais com recurso a fundos da edilidade de modo a beneficiar a Delegada Provincial da Renamo e Presidente da Comissão de Ética da Assembleia da República, Abiba Aba.

Para além de Paulo Vahanle, estão, também, acusados mais alguns funcionários da edilidade, nomeadamente, Rosário Afonso João Pequenino (gestor de empresas), Edite Maria José (gestora educacional), Alice da Conceição Mauindo (secretária) e Reis Chande Muamudo (contabilista), por alegado envolvimento no caso.

A investigação foi feita pelo Gabinete Provincial de Combate à Corrupção de Nampula e, em seguida, submetida ao Tribunal Judicial da Cidade de Nampula.

Deixe seu comentário