INGD recebe apoio para vítimas do terrorismo e ciclone “Eloise”

Pelo menos 2.845 famílias vítimas do ciclone “Eloise” e dos ataques terroristas em Cabo Delgado vão receber produtos de primeira necessidade oferecidos pelas embaixadas da Turquia e da Argentina.

Trata-se de farinha de milho, arroz, óleo, açúcar, sal, massa e sardinhas, sabão, purificador de água, velas, fósforos, entre outros, entregues esta quarta-feira, em Maputo, ao Instituto Nacional de Gestão e Redução do Risco de Desastres (INGD).

De acordo com a embaixadora da Turquia, Zeynep Kiziltan, Moçambique sofre desastres naturais de forma recorrente e a situação agrava-se porque o mundo é assolado pela pandemia da COVID-19.

Estes problemas colocam essas populações mais vulneráveis e necessitam de apoio. “A assistência humanitária é destinada às populações deslocadas por conta dos ataques terroristas em Cabo Delgado e, também, à população afectada pelo ciclone «Eloise» na província de Sofala”, apontou Kiziltan.

Por sua vez, a presidente do INGD, Luísa Meque, disse que embora a doação não chegue para todas as pessoas, vai ajudar a m

Você pode gostar...

Deixe seu comentário