HELENA TAIPO EM LIBERDADE PROVISÓRIA

Dois anos depois da sua detenção por alegado envolvimento em esquemas de corrupção, eis que a antiga ministra do Trabalho e embaixadora de Moçambique em Angola, Maria Helena Taipo, foi restituída à liberdade.

Trata-se de um mandado de soltura emitido pelo Tribunal Superior de Recurso que permite que Helena Taipo goze de liberdade provisória.

Helena Taipo deixou o Estabelecimento Penitenciário Preventivo da Cidade de Maputo, vulgarmante conhecido por Cadeia Civil, na tarde desta terça-feira, na altura estava coberta e não mostrou o rosto à imprensa.

Deixe seu comentário