Governos distritais e Grupo SOICO unem esforços para potencializar turismo em Inhambane

O Grupo SOICO o recebeu uma visita hoje de administradores dos distritos de Govuro, Inhassoro, Mabote e Vilankulo, acompanhados do representante da Secretária de Estado da província de Inhambane e da directora operacional da MISAT. O objectivo era firmar uma parceria entre as partes de modo a expor as potencialidades turísticas da província.

O potencial turístico foi destaque da conversa entre o Presidente do Conselho de Administração do Grupo SOICO, Daniel David e os representantes de governos dos quatro distritos de Inhambane e a representante da Secretária de Estado da província.

“É muito bom visitar o Grupo SOICO dado que acabamos percebendo que tem uma transversalidade e tem grandes projectos e que pensa em Inhambane. Nós vimos um projecto que o Grupo SOICO tem de transformar a província de Inhambane que é um distino de referência em relação ao turismo e também tem o projecto de colocação de uma terminal lá na província de Inhambane e nós queremos acreditar que isto é de grande valia porque para além de disseminar aquilo que são as grandes potencialidades que a nossa província tem, vai nos ajudar também a formar e a informar a nossa comunidade local”, referiu Samuel Júnior, representante da Secretária de Estado de Inhambane.

Por seu turno, Nércia Mazive, directora operacional da MISAT, disse que “o Grupo SOICO tem um interesse relevante no turismo em Inhambane e nós como estamos focados na área da formação hoteleira e do turismo com padrões internacionais, então, quando viemos encontrar o Grupo SOICO, através do governo de Inhambane, procuramos parceiros que possam se juntar e dizer que vale a pena apostar no capital humano local”.

Por sua vez, o Presidente do Conselho de Administração (PCA) do Grupo SOICO, Daniel David, explicou a importância da visita. “É uma visita de cortesia. Os administradires dos distritos da zona norte de Inhambane queriam conhecer o trabalho do Grupo, quer a nível do que fazemos na Fundação SOICO e também na televisão, no jornal. Tivemos troca de informação e esperamos a partir de agora, no mais breve espaço de tempo assinarmos um protocolo para que possamos dar um espaço de visibilidade à aquela província que é a mão do turismo em Moçambique”, explicou Daniel David.

Os intervenientes demonstraram vontade de avançar o mais rápido possível a parceria com o Grupo SOICO para que o melhor de Inhambane seja conhecido cá e além-fronteiras.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Você pode gostar...

Deixe seu comentário