Funcionário bancário detido na posse de pontas de marfim em Maputo

A Polícia da República de Moçambique (PRM) deteve, semana finda, um cidadão de 26 anos de idade, por sinal funcionário bancário, a transportar duas pontas de marfim na sua viatura.

Segundo Leonel Muchina, porta-voz da Corporação na capital do país, a operação deveu-se a uma denúncia anónima, que alertou haver uma viatura que transportava produtos provenientes de espécies protegidas legalmente. Revela que a “mercadoria” tinha um peso de 28 Kg e, de acordo com a perícia feita pela Administração Nacional das Áreas de Conservação (ANAC), a mesma foi retirada de um elefante jovem.

À imprensa, o detido disse ter caído numa armadilha, uma vez que a viatura pertence ao seu cunhado, que se dedica ao serviço de aluguer de viaturas. Garantiu que apenas ia entregar a viatura a alguns clientes que pretendiam transportar material do ginásio, porém, quando carregavam o referido material, colocaram as pontas de marfim por baixo das cadeiras.

Aquando da detenção, refira-se, o indiciado estava acompanhado pelos referidos clientes, sendo que um deles pôs-se em fuga, enquanto o outro foi dispensado após o interrogatório.

Deixe seu comentário