“Ficar confinado por muito tempo é doloroso” Telinho

O internacional moçambicano, Telinho, que esta terça-feira integrou pela primeira vez os treinos do Costa do Sol, afirma que chegou a pensar no pior durante o período em que esteve a lutar contra a covid-19.

MAPUTO- “Foram momentos difíceis, cheguei a pensar no pior porque sempre que testava, dava positivo. Não poder jogar e ficar confinado por muito tempo é doloroso”, disse o avançado que é um dos reforços dos campeões nacionais para a próxima temporada.

Telinho garantiu durante a conferência de imprensa havida ontem, que ainda não está a 100%, mas promteu trabalhar para ajudar o Costa do Sol a alcançar os objectivos traçados.

“Estou feliz por estar de volta. Não estou a 100%, não vou mentir, mas estou com vontade de lutar para conquistar a confiança do meu treinador e poder ser escolhido para fazer parte dos convocados para o jogo de sábado”, revelou.

Refira-se que o Costa do Sol defronta sábado o Platinum FC, em partida da segunda mão da pré-eliminatória de acesso a fase de grupos da Liga dos Campeões Africanos em futebol. Os canarinhos partem para esta partida em desvantagem depois de terem perdido em casa por 1-2.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Você pode gostar...

Deixe seu comentário

error: O conteúdo está protegido !!