Evan Rachel Wood diz ter sido chantageada pela mulher de Marilyn Manson

Depois de Marilyn Manson ter sido acusado de abuso sexual e violação por parte de várias mulheres, entre elas a ex-noiva Evan Rachel Wood, agora a atriz surge com novas informações.

Evan diz ter sido chantageada pela atual companheira de Marilyn, Lindsay Usich, em dezembro. Em causa estão fotografias tiradas num concerto de Halloween do artista, em Las Vegas.

Após ser alertada sobre “as ameaças” de divulgação das fotos que “poderiam arruinar a sua carreira”, a atriz apresentou uma queixa na polícia no dia 19 de dezembro.

“No dia 19 de dezembro tive de fazer uma queixa na polícia depois de me terem alertado para as ameaças feitas por Leslee Lane [que lidera um clube de fãs de Marilyn Manson] e Lindsay Usich. Conspiraram contra mim e disseram que iam divulgar fotografias de quando eu era menor, depois de ter sido altamente drogada e alcoolizada num concerto de Halloween do Brian [Warner, verdadeiro nome de Manson] em Las Vegas”, disse Evan nas stories da sua página de Instagram, no passado sábado, como cita a imprensa internacional.

“Fiquei praticamente a noite toda no quarto de hotel do Brian porque não tinha idade para entrar no casino depois do concerto”, acrescentou, mostrando aos fãs uma imagem que destaca a queixa que fez à polícia.

De destacar ainda que Evan decidiu também partilhar na rede social uma das referidas imagens. “Estou a usar o chapéu do Brian, que faz parte do seu espetáculo há muito tempo e já foi usado por muitas pessoas da equipa dele. Isto faz parte da chantagem e da humilhação”, explicou.

Você pode gostar...

Deixe seu comentário