DETIDO SUPOSTO FALSIFICADOR DE RESULTADOS DE COVID-19 NA CIDADE DE MAPUTO

Com o aumento de casos positivos de Covid-19 em todo o mundo, muitos países passaram a exigir certificados de testes negativos feitos com, no máximo, 48 horas de antecedência. E perante esta condição imposta pelo novo normal, uma solução emerge do mercado negro: Venda de resultados negativos de testes falsificados.

E como nem todos concordam com esta prática, uma denúncia anónima que dava conta da existência de uma rede de falsificadores, chegou às autoridades policiais, na cidade de Maputo. O trabalho realizado pela Polícia da República de Moçambique, afecta à 14ª esquadra, culminou com a detenção de um suspeito.

Com o suspeito foram encontrados vários outros documentos falsos, para além de um computador e uma impressora, usados supostamente para manipulação de certificados de Covid-19 e de habilitações literárias. Consta que o suspeito pedia aos interessados entre 500 a 2000 meticais, dependendo do documento solicitado.

Este slideshow necessita de JavaScript.

  •  
    169
    Shares
  • 169
  •  
  •  
  •  

Você pode gostar...

Deixe seu comentário

error: O conteúdo está protegido !!