Custo de vida cada vez mais alto em Moçambique

Os preços de bens e serviços continuam a subir. Em Março, o aumento foi 5,76 por cento comparativamente ao mesmo mês do ano passado. Trata-se da maior subida desde 2019, que faz com que as contas das famílias fiquem mais apertadas a cada dia que passa.

“As divisões de alimentação e bebidas não alcoólicas e de bebidas alcoólicas e tabaco foram, em termos homólogos, as que registaram maior variação de preços com cerca de 12,65% e 8,36%, respectivamente”, aponta um comunicado de imprensa do Instituto Nacional de Estatísticas (INE).

A nota aponta ainda que a cidade da Beira registou a maior subida de preços no mês passado, de cerca de 6,96%, seguida da cidade de Nampula com cerca de 6,05% e, por último, a Cidade de Maputo com 5,19%.

Entretanto, durante os primeiros três meses deste ano, o país registou um aumento de preços na ordem de 3,42%. O destaque vai para as divisões de alimentação e bebidas não alcoólicas e de habitação, água, electricidade, gás e outros combustíveis.

Deixe seu comentário