Covid-19: MISAU anuncia mais 15 óbitos

MAPUTO- Conforme a explicação da instituição, dos 15 óbitos, um foi declarado a 6 de Fevereiro, 13 no dia 8 do mesmo mês e outro no dia 9, na cidade de Maputo e províncias de Inhambane, Zambézia e Cabo Delgado.

Doze são homens e três mulheres. Assim, o país tem 480 óbitos (dos quais 372 na capital do país) devido ao novo Coronavírus e 17.487 pessoas continuam infectadas.

A seguir aos 488 casos positivos, no domingo, e 312, na segunda-feira, o país voltou a registar números mais elevados de mortes e infecções pela COVID-19, ao atingir 15 e 873, respectivamente, esta terça-feira.

Como de costume, o grosso das pessoas com o vírus é da cidade de Maputo, com 248, seguida pela província de Inhambane, com 183. Cumulativamente, desde a notificação do primeiro paciente, a 22 de Março passado, Moçambique soma 45.785 infecções.

A boa nova diz respeito a 376 indivíduos “totalmente recuperados da COVID-19. Todos são de nacionalidade moçambicana”.

No total, a Saúde aponta que 27.814 pacientes já venceram a doença desde que a mesma foi detectada no país.

Mais pacientes com Coronavírus continuam a buscar tratamento nos centros de internamento e em alguns hospitais. Nas últimas 24 horas, diz a Direcção Nacional de Saúde Pública, 47 doentes foram acamados (35 na metrópole, cinco em Cabo Delgado, seis em Inhambane e um em Tete) e outros 38 foram autorizados a continuar tratamento em casa, após um período de hospitalização.

No país existe, até esta terça-feira, um cumulativo de 2.047 pacientes internados, dos quais 312 ainda lutam pela vida nos centros de internamento. A maior parte está na capital moçambicana.

Você pode gostar...

Deixe seu comentário