COVID-19 mata duas pessoas em Moçambique

Moçambique registou, nas últimas 24 horas, dois óbitos por COVID-19, segundo indica um comunicado do Ministério da Saúde. Os dois óbitos são de vítimas de nacionalidade moçambicana e do sexo masculino, de 76 e 46 anos de idade.

Relativamente ao número de novas contaminações, 30 indivíduos testaram positivo para COVID-19, dos quais 23 são de nacionalidade moçambicana, um estrangeiro e seis de nacionalidade ainda por identificar.

Os dados do MISAU indicam, ainda, que a cidade de Maputo liderou a lista com 17 casos, correspondendo a 56.7%, seguida pela província de Tete com oito casos, o equivalente a 26.7% e cinco casos foram diagnosticados nas províncias de Inhambane, Sofala, Manica, Nampula e Niassa, correspondendo a 3.3% por província.

A taxa de positividade, nas últimas 24 horas, foi de 2.74%, enquanto a taxa de positividade acumulada é de 12.91%.

Moçambique tem, cumulativamente, 70.636 casos positivos registados, dos quais 70.320 de transmissão local e 316 importados.

De segunda para esta terça-feira, o país registou 17 casos totalmente recuperados da COVID-19, elevando o cumulativo para 69.117.

Nas últimas 24 horas, registou-se um novo internamento e uma alta hospitalar. No país existe, até o momento, um cumulativo de 3.420 pacientes internados, dos quais 16 estão, actualmente, nos centros de internamento de COVID-19 e em outras unidades hospitalares.

Deste modo, existem 682 casos activos da COVID-19.

Deixe seu comentário