Covid-19: Índia ultrapassa os 100 mil mortos

A Índia ultrapassou as 100.000 mortes confirmadas de covid-19 no sábado, colocando o número de mortos no país em quase 10% do total de óbitos mundiais, atrás apenas dos Estados Unidos e Brasil.

O Ministério da Saúde comunicou mais 1.069 mortes nas últimas 24 horas, elevando o número de mortos para 100.842. Também elevou o número confirmado de casos do país para mais de 6,4 milhões, com 79.476 novas infeções em 24 horas.

Nova Deli, Mumbai, Chennai e Bengaluru são os principais centros urbanos de infeções, sendo responsáveis por um em cada sete contágios e por uma em cada cinco mortes no país.

O Governo indiano anunciou uma maior flexibilização das restrições a partir de 15 de Outubro. Cinemas e teatros podem abrir com a lotação limitada a 50% dos lugares, e as piscinas podem ser utilizadas por atletas.

Os 28 estados da Índia podem decidir a reabertura gradual de escolas e instituições de treino depois de 15 de Outubro. No entanto, os estudantes vão ter a opção de assistir a aulas ‘online’.

Os voos comerciais internacionais vão continuar suspensos até 31 de outubro. No entanto, os voos de repatriamento vão manter-se de e para os Estados Unidos, Reino Unido, Austrália, Canadá, França, Japão e vários outros países.

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Você pode gostar...

Deixe seu comentário

error: O conteúdo está protegido !!