Confiança dos consumidores e clima económico diminuem em novembro

Os dois indicadores registaram uma diminuição no mês de novembro, segundo dados divulgados esta sexta-feira pelo INE.

Os indicadores de confiança dos consumidores e de clima económico reduziram-se em novembro, quebrando a tendência de estabilização e de recuperação, respetivamente, de acordo com os dados divulgados esta sexta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

“Em novembro, o indicador de confiança dos consumidores diminuiu, após ter permanecido num patamar relativamente estável nos últimos cinco meses, que se seguiu à recuperação parcial observada em maio e junho da maior diminuição da série registada em abril“, sublinha a agência de estatísticas.

Também o indicador de clima económico diminuiu em novembro, interrompendo o perfil de recuperação observado nos seis meses anteriores, após ter atingido em abril o valor mínimo da série.

“Em novembro, os indicadores de confiança diminuíram em todos os setores, Construção e Obras Públicas, Comércio, Serviços e Indústria Transformadora, verificando-se a redução com maior magnitude no primeiro caso”, pode ler-se no relatório do INE.

Em novembro, recorde-se, foram atingidos máximos diários de infeção pela Covid-19 em Portugal, com um recorde registado a 19 de novembro. Nesse dia, foram registadas 6.994 infeções pelo novo coronavírus em Portugal.

“A diminuição do indicador de confiança dos consumidores em novembro resultou do contributo negativo das componentes relativas às expectativas para os próximos doze meses, nomeadamente, perspetivas sobre a evolução futura da situação económica do país, da situação financeira do agregado familiar e da realização de compras importantes, tendo as opiniões sobre a evolução passada da situação financeira do agregado familiar contribuído positivamente”, pode ler-se no relatório do INE.

  •  
    2
    Shares
  • 2
  •  
  •  
  •  

Você pode gostar...

Deixe seu comentário

error: O conteúdo está protegido !!