Cidade de Maputo prevê vacinar mais de 20 mil pessoas na segunda fase

Arranca amanhã, segunda-feira, a segunda fase da campanha de vacinação contra a COVID-19 em todo o país. Na cidade de Maputo, a previsão é que sejam imunizadas mais de 20 mil pessoas. A directora dos Serviços de Saúde na capital garante que as vacinas já estão nos respectivos postos de imunização.

É já esta segunda-feira em que arranca a segunda fase da campanha da vacinação contra o novo Coronavírus em todo o país e a cidade de Maputo espera vacinar 20.497 pessoas de vários grupos.

“Estudantes finalistas dos cursos de saúde que prevemos abranger 390 de todas as instituições de formação que estejam na cidade de Maputo, doentes diabéticos que não foram abrangidos na primeira fase e que tenham idade superior a 60 anos, sendo destes, esperamos vacinar 5.899”, enumerou Sheila Lobo, directora dos Serviços de Saúde na cidade de Maputo.

Os abrangidos não param por aí. Há, ainda, “doentes em terapia imunossupressora, que são os que estão a fazer tratamento de um cancro, doentes com insuficiência renal crónica em hemodialise ou que estejam na lista de espera e são esperados para imunização 600 doentes, também vamos vacinar reclusos e funcionários prisionais, polícias com idades superior a 50 anos e professores do ensino primário acima dos 60 anos”, acrescentou Lobo.  

Para imunizar estes grupos, a capital do país conta com 38 equipas compostas por 152 técnicos em todos os distritos municipais da capital moçambicana.

“No Kampfumo, nós temos quatro unidades sanitárias, nomeadamente, os centros de Saúde da Malhangalene, Polana Cimento, Porto, Alto-Maé e teremos uma equipa no Comando da Polícia da cidade de Maputo”, indicou a directora dos Serviços de Saúde da cidade de Maputo.

Já no distrito de Lhamankulo, “estaremos a vacinar no Centro de Saúde de Xipamanine, nos hospitais Geral José Macamo, Chamanculo. No KaMaxaquene, temos dois postos um no Centro de Saúde 1º de Maio, KaMavota, nos centros de Saúde Pescador, Albazine, Romão, Hulene e Hospital Geral de Mavalane”.

Ainda sobre os postos de vacinação, existem, no KaMubukwana , “os centros de Saúde de KaMubukwana, Bagamoyo, Zimpeto, Magoanine Tendas e Magoanine “A”. KaTembe e Kanyaka têm os centros de saúde com os mesmos nomes como pontos para imunização contra Coronavírus”.

A directora dos Serviços de Saúde, na cidade de Maputo, garantiu que os distritos municipais já receberam as doses e a partir das 07h30 desta segunda-feira, a vacinação poderá arrancar.

“Todos estes postos já têm a vacina, os técnicos estão a ser formados e segunda-feira estaremos em condições de iniciar o processo. A vacina é a Covishield que é indicada a indivíduos maiores de 18 anos e 60 anos”, revelou Sheila Lobo.

De modo a evitar aglomerados nos postos de vacinação, as autoridades da Saúde apelam para que cada um se dirija ao local mais próximo da sua residência. Não podem tomar a vacina, mulheres grávidas, que estejam a amamentar e pessoas com a COVID-19 activa.

Deixe seu comentário