Cidade de Maputo: Oito mil pessoas em situação de risco de inundações

São famílias dos bairros de Chamanculo, Mavalane, Maxaquene, Albazine, Ferroviário e Costa do Sol, tidos como vulneráveis a inundações.

As autoridades dizem estar em alerta máximo e que tudo está a ser feito para se evitarem danos maiores.

A secretária do Estado na cidade de Maputo, Sheila Santana Afonso, disse esta terça-feira, em conferência de imprensa, que por conta da covid-19 o último recurso será transferir as pessoas para os centros transitórios, a serem abertos em caso de necessidade.

A secretária do Estado abordou também os trabalhos em curso para conter a pandemia da covid-19 na cidade de Maputo, o epicentro da doença.

Sheila Santana Afonso disse que, brevemente, vai entrar em funcionamento, no Hospital Geral de Mavalane, mais um centro de isolamento das vítimas desta pandemia.

Na cidade de Maputo, as autoridades têm estado a envolver os líderes religiosos e comunitários na sensibilização das pessoas, uma iniciativa que se está mostrar eficiente

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Você pode gostar...

Deixe seu comentário