Chuva caiu há três semanas, mas Costa do Sol continua com casas alagadas

Mais de 400 casas continuam com os quintais alagados, no bairro da Costa do Sol, na cidade de Maputo. Há também várias ruas com água estagnada, situação que periga à saúde dos moradores do bairro.

A chuva parou há quase três semanas, mas as marcas continuam presentes no bairro da Costa do Sol, na capital do país. Há casas alagadas e algumas ruas com água a escorrer como se de “riachos” se tratasse. No recinto onde se encontra a casa de Xavier Matos, por exemplo, é preciso que os que lá se fazem tenham, no mínimo, equipamento apropriado como botas, ou então tenham as calças dobradas até aos joelhos. “Todos os anos quando chove é isto que passamos”, lamentou o entrevistado, que falava ao “O País”.

Xavier contou que a situação originou- se com uma construção de uma via de acesso naquele bairro. “Fizeram uma vala de drenagem que não escoa água para o mar; sempre que chove, o quintal fica totalmente cheio”, narrou.

Xavier disse ainda que a sorte que sua família tem é o facto de a cozinha e a casa de banho estarem dentro da casa. “Mas o risco de saúde está presente aqui”, deplorou.

Quem está na mesma situação é Rita Francisco, que fez uma espécie de “visita guiada” à nossa equipa de reportagem, para mostrar como estão as ruas do bairro, e até a sua casa onde teve de colocar entulho para travar as águas residuais.

“Estava cheio de água. Dentro da casa e do quintal, tive de colocar entulho. Isto, em todo canto do quintal”, afirmou a entrevistada, que fez a antevisão de “dias difíceis” na mobilidade dos seus filhos, assim que as aulas iniciarem.

Entretanto, os dias difíceis podem ser contados para Rita, como poderão também ser para os outros moradores que de forma cíclica são afectados por alagamentos, no bairro Costa do Sol.

De acordo com a previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (INAM), o país já observa a transição da época chuvosa para a seca. “Já não vamos ter aquela situação de chuvas intensas que chegaram a atingir os 100 milímetros, como aconteceu nos últimos tempos, porque estamos numa fase em que a tendência é a humidade baixar e podemos ter uma situação de passar uma frente fria e termos alguma chuva, mas neste momento estamos no fim da época chuvosa”, explicou.

Você pode gostar...

Deixe seu comentário