Biografia de Olga Tokarczuk

Olga Tokarczuk é uma celebrada escritora polonesa, autora de mais de uma dezena de livros traduzidos para 30 idiomas.

Olga Tokarczuk nasceu em Sulechów (na Polônia) no dia 29 de janeiro de 1962.

A escritora cresceu em uma cidade pequena na Polônia e se formou em psicologia pela Universidade de Varsóvia.

Carreira literária

A autora estreou na literatura com um livro de poemas lançado em 1989 intitulado Miasta w lustraché. Em 1993 publicou o seu primeiro romance (The Journey of the Book-People).

Prêmios

Antes de ter recebido o Prêmio Literário mais importante do mundo, Olga já havia recebido em 2014 o Prêmio Nike Award pela obra Os Livros de Jacó.

Em 2018 foi finalista do prêmio Fémina Estrangeiro e, no mesmo ano, recebeu o prêmio máximo Man Booker International com o seu livro Viagens.

A escritora recebeu o Nobel de Literatura correspondente a 2018. O Prêmio foi atribuído somente em 2019, depois da academia  sueca enfrentar uma polêmica envolvendo um escândalo sexual que resultou na demissão de vários membros vitalícios.

No discurso do premiação, os críticos destacaram o fato da produção de Olga ser:

repleta de ingenuidade linguística que explora a periferia e a singularidade da experiência humana.

Vida pessoal

Olga Tokarczuk é casada com Roman Fingas. O casal tem um filho (Zbyszko Fingas).

Olga já lançou 15 livros e tem obras traduzidas para mais de 30 idiomas. Seus títulos mais conhecidos são os romances Os Livros de Jacó (2014) e Conduz o teu Arado sobre os Ossos dos Mortos (2019).

Sua única obra publicada no Brasil é Os Vagantes (2014)

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Você pode gostar...

Deixe seu comentário