Angariadas oito toneladas de alimentos para vítimas do terrorismo

Oito toneladas de produtos alimentares diversos, não perecíveis, foram angariadas na província de Maputo para apoiar as famílias vítimas do terrorismo em Cabo Delgado.

A violência armada, em Cabo Delgado, já empurrou mais de 700 mil pessoas para fora das suas comunidades e vivem na miséria. Milhares dessas pessoas estão privadas de um dos seus direitos fundamentais, a alimentação.

Para minimizar o problema, um grupo de mulheres, denominado “Marinheiras de Moz” lançou, em Abril passado, uma campanha para angariação de apoios.

“Vimos o sofrimento de muitas famílias e decidimos nos juntar e ajudar com o mais necessário que é a alimentação. Prevíamos angariar duas toneladas de produtos, mas superamos as expectativas porque tivemos muito apoio” explicou Vera Tembe, uma das representantes das Marinheiras de Moz.

Juntaram-se à iniciativa o governo da província de Maputo e a edilidade de Matola, Júlio Parruque e Calisto Cossa, respetivamente, que, na ocasião, apelaram a que mais instituições se juntem à iniciativa.

Dos produtos angariados, fazem parte farinha, arroz, óleo alimentar, açúcar, água mineral, massas e outros não perecíveis.

Deixe seu comentário