África do Sul fecha todas as fronteiras para travar a Covid-19 

 

Todos os 20 postos fronteiriços terrestres sul-africanos vão ser encerrados durante quase um mês numa tentativa de conter a segunda onda da pandemia do novo coronavírus, anunciou hoje o Presidente Cyril Ramaphosa.

As fronteiras permanecerão fechadas até 15 de fevereiro, com excepção apenas para o transporte de combustível, carga e matérias-primas, emergências médicas, diplomatas e cidadãos que regressam ao país.

Num discurso à nação transmitido na televisão, Ramaphosa justificou a medida com “o aumento massivo de infeções”. A África do Sul regista mais de 1,2 milhões de casos de Covid-19 desde março.

O chefe de Estado adiantou ainda que se mantêm outras restrições no país, como a proibição de ajuntamentos públicos com mais de 50 pessoas, o recolher obrigatório noturno, a proibição da venda de álcool e o encerramento de todas as praias.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Você pode gostar...

Deixe seu comentário

error: O conteúdo está protegido !!