Acho Que Vais Gostar Disto: Esta é mais do que uma simples traição

Mais uma edição da newsletter, mais algumas sugestões de coisas que eu acho que tu vais gostar. Hoje, falamos do mundo quase secreto dos amantes de sapatilhas, de uma série australiana que podia ter sido escrita hoje e de outra que nos mete as emoções à flor da pele. Mas antes de prosseguir: já participaste no nosso passatempo? Não sabes do que estou a falar? Já te explico a seguir.

É proibido dizer que são SÓ uns ténis

“O Sexo e a Cidade” mostrou-nos o amor de Carris Bradshaw por sapatos, “Gossip Girl” abriu os nossos horizontes para as diferentes combinações de acessórios e em “Clueless” ficamos a perceber a importância de combinar as peças corretar para um outfit impecável. Agora, num tom mais urbano, “Sneakerheads” dá a conhecer um mundo que para muitos é desconhecido, e que acaba por ser muito maior do que aquilo que aparenta.

Se, quando eu te falo do maravilhoso universo das sapatilhas, pensas naqueles giros que viste na montra do shopping há uns dias e que ficavam muito bem com aquela tua camisola nova, esquece tudo isso. Estou a referir-me a paredes cheias de ténis valiosos, raros, que provocam filas de espera intermináveis à porta de lojas ou através da internet, com pessoas que não têm qualquer garantia de que vão sair de lá com o seu par. Falo também de modelos que custam dezenas e centenas de milhares de euros (sim, acredita, leste bem). Ah, e é ainda importante referir que, muitas vezes, falamos de pares de ténis que acabam por nunca sair da caixa.

Voltando à série: A personagem principal é Devin (Allen Maldonado), um homem adulto, com família, filhos e responsabilidades, que, por muito que tente, não consegue resistir ao drip de uns bons ténis. Num momento de “fraqueza”, reencontra na fila para uma loja o seu amigo de longa data, Bobby (Andrew Bachelor), que é um especialista em arranjar esquemas e em livrar-se de responsabilidades. A eles, juntam-se Nori (Jearnest Corchado), uma pro que não falha um drop (nome dado ao “evento” de lançamento de um modelo, onde os interessados podem tentar a sua sorte), e Stuey (Matthew Josten), um nerd que quer pertencer ao grupo da malta cool e que tem demasiado dinheiro para investir num mundo que pouco conhece.

“Sneakerheads” é uma comédia um tanto ou quanto previsível, que obedece à fórmula de “um grupo diverso e um tanto ou quanto caótico que quer chegar a um fim e que, pelo meio, enfrenta uns quantos obstáculos”. No final de contas, os seis episódios, que estão disponíveis na Netflix, valem a pena pela espreitadela que nos dão pelo buraco da fechadura deste mundo não tão conhecido.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Você pode gostar...

Deixe seu comentário

error: O conteúdo está protegido !!